Log in
Registrar
Visualizar tudo  |  Fechar tudo
#
Assunto
Publicado por
Ações
1
Filhos de criação
Claudia Roedel
- Fechar
Minha avó era muito generosa e criou sobrinhos e netos (e estranhos) na familia, como "filhos de criação". Estes não foram adotados formalmente, sabiam quem eram seus pais biológicos, mas também consideravam minha vó como "a outra mãe". Não consigo ligar estes parentes à minha avó, pois a árvore só aceita um par de pais. Acho que o termo em Inglês é "foster parent" (as opposed to true legal adoption).

Mesmo no caso em que eu não sei quem são os pais biológicos do "adotado" não achei a opção para incluir filhos adotados.

Existem outros casos na familia, pelo menos dois, em que os avós criaram os netos gerados por uma mãe solteira para "manter as aparencias". Também não  consegui achar como fazer esta conecção.

 Agradeço qualquer instrução que possam me dar.

Claudia 

Claudia Roedel
Brazil
- Responder
2
RE: Filhos de criação
walter Olivas
- Fechar
Claudia Roedel escreveu:
Minha avó era muito generosa e criou sobrinhos e netos (e estranhos) na familia, como "filhos de criação". Estes não foram adotados formalmente, sabiam quem eram seus pais biológicos, mas também consideravam minha vó como "a outra mãe". Não consigo ligar estes parentes à minha avó, pois a árvore só aceita um par de pais. Acho que o termo em Inglês é "foster parent" (as opposed to true legal adoption).

Mesmo no caso em que eu não sei quem são os pais biológicos do "adotado" não achei a opção para incluir filhos adotados.

Existem outros casos na familia, pelo menos dois, em que os avós criaram os netos gerados por uma mãe solteira para "manter as aparencias". Também não  consegui achar como fazer esta conecção.

 Agradeço qualquer instrução que possam me dar.

Claudia 

 

 

OLá Claudia, Em genealogia obedece-se a documentação oficial, assim sendo, no caso citado, deve-se preservar os pais biológicos. A ligação com a sua avó é apenas afetiva. Se existir um documento de acolhimento legal, deve-se criar este filho no perfil da pessoa que  acolheu, depois entrar no perfil do acolhido, clicar em Editar>Editar Detalhes e depois em PESSOA e alí mudar o Status para Adotado ou Acolhido. Deve-se criar uma fonte com a documentação, se existir, e descrever nesta fonte , também se conhecido, o destino dos pais adotivos e o histórico do fato.

O segundo caso apontado por você é identico ao anterior, e é apenas afetivo. A genealogia nem sempre irá escrever os fatos como nós os conhecemos ou nos contaram, a grande função da genealogia é ser o mais próximo dos fatos possível, assim, mesmo que por alguma razão lógica, o fato tenha sido "escondido" a genealogia deverá descobrir a veracidade. O perfil desta criança acolhida pelos avós deve constar do perfil da mãe biológica.

 

walter Olivas
São Paulo
- Responder
3
RE: Filhos de criação [2]
Claudia Roedel
- Fechar
Obrigada pelos esclarecimentos! É uma pena que o programa não permita a ligação, pois estas ligações afetivas eram reais e bem fortes. Claudia
Claudia Roedel
Brazil
- Responder
 
Lendo...
Lendo...